Notícias

União Europeia deve produzir menos trigo

A produção de trigo na União Europeia está prevista em 149,5 milhões de toneladas para 2019/2020, um aumento de 9% em relação a 2018/2019, mas abaixo da previsão mensal anterior, segundo um relatório da Rede Agrícola Global do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA). Nesse cenário, a produção caiu 2 milhões de toneladas em relação à previsão de junho devido a uma onda de calor sem precedentes que afetou muitos dos 28 países membros do bloco.

"As chuvas chegaram tarde demais para a Espanha e há preocupações na Alemanha de que o período de clima extremamente quente em junho tenha interrompido o desenvolvimento de sua safra de trigo", disse o USDA. “De outra forma, estava progredindo bem, mas a onda de calor causou um declínio no rendimento em comparação com as expectativas anteriores”, completa.

O USDA disse que a redução na previsão de produção em 2019/2020 combinada com a expectativa de forte competição das origens do Mar Negro significa que as exportações de trigo da UE estão estimadas em 25 milhões de toneladas, 1 milhão acima de 2018/2019, mas abaixo da previsão anterior. "É uma história semelhante no norte da França e na Bélgica, onde as expectativas de safra foram reduzidas e um olhar atento também está sendo mantido sobre as plantações na Polônia e nos estados bálticos", indica.

A safra de milho 2019/2020 da UE deve aumentar ligeiramente em relação ao relatório mensal anterior, embora o USDA tenha dito que "a falta de precipitação continua sendo uma preocupação para a Alemanha, França, Hungria e Polônia". Além disso, fixou a próxima safra de milho da UE em 64,5 milhões de toneladas, um aumento de 300.000 toneladas em relação à previsão de junho, bem como o total de 64,2 milhões de toneladas em 2018/2019.
FONTE: AGROLINK(Leonardo Gottems)