Notícias

Principais grãos terão 2020 lucrativo, diz consultoria

A T&F Consultoria Agroeconômica afirmou que os três principais grãos produzidos no País terão um ano de 2020 bastante lucrativo, depois de pagos todos os custos de produção. Para a soja, por exemplo, a estimativa dos analistas indica que a lucratividade média está prevista em 23,8%.

“Para o milho, os lucros da primeira safra (de verão) estão previstos em 27,27% no comparativo simples de custo/preço de venda por saca, mas depende muito da produtividade de cada lavoura. Já para o milho safrinha, a lucratividade está por enquanto reduzida, ao redor de 7,14%, o que significa que os preços precisarão subir mais para aumentar a lucratividade, embora ela não esteja ruim, porque também depende da produtividade de cada lavoura”, indicou a consultoria.

Com relação ao trigo, o comparativo entre os custos variáveis de produção e os atuais preços pagos aos agricultores no Paraná estão, neste momento, em 6,67%, o que é uma grande lucratividade, quando se sabe que até 10% de prejuízo ainda é viável, porque eleva nesta proporção a produtividade da soja, completaram.

Nesse cenário, a ARC Mercosul estima que as leituras climáticas atualizadas ressaltam a chegada de precipitações sobre todo o Centro, Norte e Nordeste do Brasil, regando principalmente aquelas regiões que vinha sofrendo com as estiagens recentes. “Os totais pluviométricos são projetados entre 30-125mm acumulados nos próximos 5 dias, com os índices mais intensos confinados ao coração do estado de Goiás. De toda a maioria da área sojicultora brasileira, apenas o Rio Grande do Sul que não possui previsões de chuvas generalizadas até o dia 8 de janeiro”, conclui.
FONTE: AGROLINK(Leonardo Gottems)