Notícias

Soja se recupera em Chicago

Os contratos futuros de soja se recuperaram na Bolsa de Chicago nesta terça-feira, segundo informações divulgadas pela T&F Consultoria Agroeconômica. Nesse cenário, os contratos futuros terminaram com ganhos de 2 1/2 a 3 1/2 cent. O corte de 0,5% na taxa de juros do Fed nesta manhã teve um impacto mínimo no mercado.

“Os futuros de farelo de soja encerraram US $ 2,0 / tonelada maior nos contratos de março e US $ 1,20 maior nos contratos de maio. Os contratos futuros de óleo de soja em março terminaram mais 29 pontos, enquanto os de maio ganharam 25 pontos. A base média nacional de soja do cmdtyView foi de -0,5194 em 03/03”, comenta a T&F.

Além disso, levantamentos no Brasil informaram que a colheita brasileira de soja está 39,6% concluída, em comparação com 45% no ano passado. A edição anual sobre esmagamento do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) mostrou que 62,574 milhões de toneladas de soja foram esmagadas em 2019.

“Isso equivale a 2,056 bbu. Em 2019, foram produzidos 17,2 bilhões de libras de óleo de soja. No final de janeiro, havia 2,351 bilhões de libras em estoques de óleo de soja”, completa a consultoria de pesquisa agrícola.

“O dólar subiu pela décima sessão consecutiva ante o real nesta terça-feira, fechando acima de 4,50 reais pela primeira vez e batendo o nono recorde nominal seguido, num dia de grande volatilidade nos mercados globais após um corte surpresa de juros nos Estados Unidos gerar temores de que o impacto do coronavírus nas economias norte-americana e global pode ser maior que o temido”, conclui.
FONTE: AGROLINK(Leonardo Gottems)