Notícias

Chicago registra nova queda para a soja

Os contratos futuros de soja fecharam em nova forte queda de 12,75 para março e de 13,75 para maio, nesta quinta-feira, segundo informações divulgadas pela T&F Consultoria Agroeconômica. A cotação de março fechou a $ 855,0, contra $867,75/bushels do dia anterior e a de maio a $ 859,50, contra $ 873,25 do dia anterior.

“O contrato de farelo fechou em alta de 2,7 a $ 298,6, para março e alta de 1,2/tc para $ 302,08, contra 301,6 do dia anterior, para maio. O contrato de óleo de soja fechou em forte queda de 115 pontos a $ 26,15 para março e $ 26,38 para maio. Em mais um dia negro para os mercados mundiais, o petróleo bruto caiu mais 6% e as commodities agrícolas não ficaram de fora da tendência”, comenta.

De acordo com a consultoria, a soja apontou novas perdas diante do aprofundamento das perspectivas negativas. “Há um impacto no crescimento, consumo e demanda. Por outro lado, os cortes nas estimativas de produção da Argentina se materializaram (o BCBA projetou 52 milhões de tn. e BCR 51,5 milhões de tons). De qualquer forma, o mercado relegou essa questão”, completa.

“As vendas de exportação de soja da semana encerrada em 03/05 ficaram abaixo das estimativas do pré-relatório, com apenas 302.835 tons vendidas, cerca de 84,2% menor que as vendas da mesma semana do ano passado. A China cancelou 90.281 tons de vendas, já que as vendas não embarcadas são de apenas 63.000 tons. As vendas de soja da nova safra foram de 1.386 tons na mesma semana. As exportações de soja na mesma semana foram de 567.638 tons, queda semanal de 18,4%. As exportações acumuladas de soja foram de 30.20 MT, ainda acima do ritmo do ano passado”, conclui.
FONTE: AGROLINK(Leonardo Gottems)