Notícias

Soja: Compras da China recuam

soja porto exportaçãoba931f9ecEm função do feriado de Tiradentes, o mercado físico brasileiro não registrou atividade ou alterações de preços nesta terça-feira (21.04). Por outro lado, a demanda chinesa em uma base CIF China recuou, depois que as margens de esmagamento corrigiram para menor após fraco desempenho dos futuros de farelo de soja e óleo de soja no início do dia.

De acordo com a T&F Consultoria Agroeconômica, os interesses de compra para o embarque de agosto ainda foram persistentes, com as ofertas ouvidas abaixo de 160 c/bu em relação aos futuros de agosto, com a menor oferta ouvida em 164 c/bu em relação aos futuros de agosto. O indicador APM-6 CIF China para embarque de junho registrou 134 c/bu em relação aos futuros de julho, o que equivale a US$ 356,75/t, uma queda de US$ 2,50/mt em relação à avaliação anterior.

A melhor oferta para embarque de junho foi de 136 c/bu sobre os futuros de julho, enquanto nenhuma oferta firme foi relatada até às 18:00 horário de Londres. “Rumores sobre três a quatro cargas de soja brasileira negociadas em base CIF China com um embarque em agosto, bem como dois a três embarques entre junho e julho na segunda-feira à noite. Na origem, um embarque em setembro de 2020 foi comercializado durante a noite”, apontam os analistas.

Na China, os futuros do petróleo de soja em Dalian caíram após uma queda recorde nos preços do petróleo bruto dos EUA, enquanto os futuros de farelo de soja caíram marginalmente. “Mesmo com feriado no Brasil, os escritórios no exterior das Tradings receberam ofertas melhores nos prêmios FOB Brasil para maio (2 cents a mais) e agosto (3 cents a mais). Para 2021 fevereiro melhorou 10 cents e os demais meses permaneceram inalterados. No mercado de Paper de Paranaguá houve negócios para Maio a +76 e +78K. No mercado CIF portos de Dallian, os prêmios da soja brasileira fecharam o dia inalterados pelo quarto dia consecutivo”, conclui a T&F.
FONTE: AGROLINK(Leonardo Gottems)