Notícias

Soja brasileira volta a subir com Dólar em alta

Segundo apurou a pesquisa diária do Cepea (Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada, da USP), os preços da soja no mercado físico brasileiro fecharam a quarta-feira (17.06) com preços médios da soja nos portos do Brasil sobre rodas para exportação subindo 1,09% nos portos, para R$ 111,00/saca (contra R$ 109,80/saca do dia anterior). Com isto a perda acumulada nos portos neste mês ficou em 3,25%.

A T&F Consultoria Agroeconômica aponta que a quarta alta do Dólar ajudou na elevação dos preços da soja no Rio Grande do Sul: “A soja subiu R$ 1,50 batendo R$ 113,00 para julho no porto. No interior, os preços também subiram R$ 1,50, para R$ 108,00 em Ijuí e Passo Fundo e R$ 108,50 em Cruz Alta. A Soja futura voltou a subir, passando de R$ 103,00 para R$105,40 porto. No entanto, os negócios foram apenas pontuais para o grão e em volumes menores que o dia anterior, conforme informado por tradings locais”.

No Paraná a soja para abril/21 atingiu R$100,00, com o mercado de balcão subindo 2 reais/saca para R$ 95,00/saca nesta quarta-feira na região dos Campos Gerais. No mercado de lotes, os preços estavam em R$ 110,00 Ponta Grossa entrega Agosto e pagamento final de agosto subiram 2 reais/saca para R$ 109,00 FOB retirada agosto pagamento final de agosto no interior dos Campos Gerais. “Com a alta do dólar o mercado foi um pouco mais movimentado nesse meio de semana”, diz a T&F.

CHINA
“O dia foi em grande parte tranquilo na frente CIF China, com a maioria dos trituradores relutantes em retomar o ritmo de compra em meio a margens de esmagamento fracas e aumento dos prêmios, devido aos custos mais altos de frete. O indicador APM-6 CIF China avançou nesta quarta-feira para refletir o embarque de agosto da soja brasileira e ficou 4 c/bu mais alto no dia em 195 c/bu em relação aos futuros de agosto, o que equivale a US$ 390,50/t, um aumento de US$ 1/t em relação à avaliação anterior”, concluem os analistas da T&F.
FONTE: AGROLINK(Leonardo Gottems)