Notícias

No geral, preços de trigo têm alta

trigo176sd45

A principal novidade desta terça-feira no setor de trigo do Rio Grande do Sul é a informação de que algumas cooperativas estão pagando até R$ 57,00/saca ou R$ 950,00/tonelada no mercado de balcão para o produtor. Foi isso que informou a T&F Consultoria Agroeconômica.

“Já no mercado de lotes, os preços do trigo disponível continuam estáveis no Rio Grande do Sul: R$1.340,00/t FOB para trigo branqueador e R$ 1.300,00/t FOB para trigo pão, mas com baixíssima disponibilidade de ofertas. Já a demanda aumenta a cada dia com o fim dos estoques dos moinhos, mas os compradores pagam, no máximo R$ 1.200/1.220/tonelada CIF fora da Serra”, afirma.

Um pouco mais ao norte, as indicações de preço para o trigo no mercado de lotes em Santa Catarina continuam entre R$ 1.250/1.300 FOB, mais frete e ICMS, para sobra de semente. “Para o produtor, no mercado de balcão, R$ 60,00 em Campos Novos, R$ 50,00 em Concórdia e Joaçaba, R$ 55,00 em Pinhalzinho, R$ 54,50 em Xanxerê e R$ 60,00 em Campos Novos”, completa.

No Paraná, aos poucos o mercado começa a se definir quanto a preços e volumes. “Nesta terça-feira soubemos que há vendedores de trigo (agricultores) safra nova na região dos Campos Gerais a R$ 900,00/t, mas livre de secagem. Também no Paraná há cooperativas oferecendo R$ 57,00/saca ou R$ 950,00/t para o agricultor que depositar em seus armazéns. As negociações de trigo para a próxima safra continuam lentas no estado, de um lado, porque o produtor não quer confusão com a qualidade, então espera a colheita e, por outro, os moinhos também querem ter uma ideia melhor do volume aproveitável do trigo a ser colhido, para poder saber dimensionar os preços”, conclui.

#ParceriaAgro
FONTE: AGROLINK(Leonardo Gottems)