Notícias

Soja chega aos US$ 16 por bushel no contrato maio com apoio do clima e da nova disparada do óleo

Soja destacãoSegue a alta intensa da soja na Bolsa de Chicago. Nesta terça-feira (27), os futuros da oleaginosa subiam entre mais de 30 nos primeiros vencimentos, levando o contrato maio a US$ 16,03 por bushel, por volta de 7h40 (horário de Brasília). O julho tinha US$ 15,69 e o setembro, US$ 14,27.

O mercado segue refletindo as preocupações com o clima nos EUA - embora elas já estejam se dissipando - e, principalmente neste momento, o cenário ainda muito apertado de oferta e demanda global.

Os prêmios no mercado físico norte-americano também registram essa escassez de soja, com valores acima de 15 cents de dólar por bushel, registrando suas máximas desde 2013.

As cotações também acompanham o avanço do milho e do trigo, que superam 3% na Bolsa de Chicago - com o milho já acima dos US$ 7,00 por bushel, renovando suas máximas em oito anos -, além do óleo, que sobe mais de 4% na CBOT.

"Nos EUA, o clima está mais frio do que o normal, o que pode reduzir a velocidade da germinação e plantio do milho e da soja. No entanto, os mapas mostram temperaturas mais amenas e bons acumulados de chuvas para maio, o que pode mudar a percepção de risco do mercado", explicam os analista da Agrinvest Commodities.

FONTE: Notícias Agrícolas(Carla Mendes | Instagram @jornalistadasoja)