Notícias

Soja volta a operar em queda na Bolsa de Chicago nesta 6ª com clima favorável nos EUA

Chuvas EUA destacãoO clima favorável para a safra 2021/22 dos Estados Unidos segue pressionando o mercado de grãos na Bolsa de Chicago e os futuros da soja voltam a operar do lado negativo da tabela nesta sexta-feira (21). Por volta de 7h55 (horário de Brasília), as cotações recuavam entre 9,75 e 15,75 pontos, levando o julho a US$ 15,17 e o novembro a US$ 13,57 por bushel.

"Do lado da oferta, clima benéfico nos EUA traz redução do prêmio de risco para as cotações na CBOT. Do lado da demanda por parte da China, na soja, conitnua muito fraca, tanto para a soja braisleira, como também para a soja americana. O USDA não reporta novos negócios há, pelo menos, quatro semanas", explica a Agrinvest Commodities.

As margens de esmagamento e os preços da carne suína seguem pressionados na nação asiática, o que ajuda a manter a demanda mais contida pela oleaginosa.

Nos EUA, as condições de chuvas e elevação das temperaturas continuam aparecendo nos mapas e trazendo pressão sobre os grãos em Chicago.

O mapa abaixo, do NOAA, mostra a previsão de chuvas para o período de 21 a 28 de maio, indicando bons volumes para as Dakotas, Illinois, Iowa, Wisconsin, Minnesota, entre outros estados-chave na produção.

Chuvas EUA 7 Dias - Fonte: NOAA

Chuvas EUA 7 Dias - Fonte: NOAA

Para 26 a 30 de maio, as imagens também indicam temperaturas acima da média para quase todo o Corn Belt, o que também favorece a safra agora.

Temperaturas EUA 6 a 10 dias - Fonte: NOAA

Temperaturas EUA 6 a 10 dias - Fonte: NOAA

FONTE: Notícias Agrícolas(Carla Mendes | Instagram @jornalistadasoja)