Notícias

Clima desfavorável recupera futuros em Chicago

bolsa de chicago CBTO85b7cd556fe2fOs futuros da soja na Bolsa de Chicago voltaram a subir ligeiramente na terça-feira, recuperando algumas perdas da sessão anterior, quando os preços do petróleo bruto caíram, de acordo com informações que foram divulgadas pela TF Agroeconômica. Com as negociações de ontem dominadas por previsões meteorológicas desfavoráveis que levantaram preocupações sobre o crescimento da safra de oleaginosas durante o período crítico de verão.

“O contrato de setembro estava sendo negociado a $ 13,92 / bu às 1200, horário de Chicago, cerca de 0,7% mais alto no dia. Os futuros foram impulsionados pelas preocupações do mercado com a produtividade da soja, à medida que a safra se aproxima de seu estágio de desenvolvimento e enchimento de grãos, enquanto o clima quente e seco em partes do cinturão de cultivo dos Estados Unidos está previsto para as próximas duas semanas”, comenta.

Os preços do petróleo recuperaram apenas uma pequena parcela das perdas de terça-feira naquele contrato, o que permitiu que os futuros da soja reagissem às previsões de alta do tempo. “Nos EUA, as condições da soja na semana até 18 de julho caíram para apenas 60% boas ou excelentes, um ponto abaixo do que os analistas esperavam e nove pontos abaixo dos níveis registrados na mesma fase do ano passado, segundo dados do USDA no final Segunda-feira", indica.

“No Brasil, as exportações de soja na terceira semana de julho ficaram em 2,8 milhões de toneladas, elevando o total do mês para 5,5 milhões de toneladas, já que os embarques médios por dia útil aumentaram 89% na semana para 462.538 toneladas, mostraram os dados oficiais da alfândega. tarde de segunda-feira", conclui.
FONTE: AGROLINK(Leonardo Gottems)