Notícias

Importações de trigo crescem no ano

trigo 6546xdfg546Faltando um mês para encerrar a safra 2020/21, as importações apresentaram aumento anual de 24% e de 9,23% se compararmos com a média dos últimos 5 anos no mês de junho. Segundo a análise do AgroConab, da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), isso se deve à queda cambial observada em junho e também pela pouca oferta nacional.

Os estoques de passagem devem encerrar com volume bem apertado, de 113 mil toneladas. Em relação à safra 2021/22 a estimativa de aumento de 36% da produção nacional deve contribuir para a retração das importações e também suavizar os estoques de passagem, com estimativa de fechar em 1.870,1 milhão de toneladas.

Na última semana, a tendência baixista que vinha sendo observada foi alterada e o mercado doméstico apresentou valorização em suas cotações. Isso ocorreu devido à ocorrência de geadas em diversas regiões produtoras do país bem como pelo câmbio que alterou e apresentou aumento. Se ocorrerem outras intempéries climáticas e o câmbio permanecer aumentando, as cotações tendem a apresentar viés de alta. No mercado internacional, a expectativa de maior oferta mundial, o aumento dos estoques de passagem mundiais e o clima favorável ao plantio nos EUA têm contribuído para as recentes desvalorizações.
FONTE: AGROLINK(Eliza Maliszewski)