Notícias

Rendimento médio em Nova Mutum (MT) pode não ter chegado a 100 scs/ha

Com a colheita de milho safrinha encerrada em Nova Mutum (MT), no médio-norte do Mato Grosso, as atenções se voltam ao rendimento médio final. Segundo o engenheiro agrônomo da Jatobá Planejamento e Consultoria Agronômica, Fernando Gazola, que concedeu entrevista exclusiva à Agência SAFRAS, a média final pode não chegar a 100 sacas de 60 quilos por hectare. “Acredito em um número entre 90 e 100 sacas por hectare”, destaca.

Conforme o entrevistado, apenas plantações esporádicas tiveram produtividade média superior a 100 sacas por hectare. “O rendimento das lavouras tardias caiu muito”, lamenta.

Sobre a remuneração do produtor, quem não vendeu antecipadamente, pode compensar a perda de produtividade com o valor atual da saca.

Agora, os produtores se preparam para o plantio da soja, cujo vazio sanitário encerra dia 15 de setembro em Nova Mutum. “E faltam chuvas para plantar”, adverte Gazola. Para este final de semana, há revisão de precipitações para a região, mas o entrevistado não está muito confiante que se concretize.

Rodrigo Ramos (O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.) / Agência SAFRAS  -  Copyright 2021 – Grupo CMA

FONTE: Safras & Mercado(Rodrigo Ramos)