Notícias

Soja fechou em forte queda na Bolsa de Chicago

bolsa de chicago CBTO85b7cd556fe2fNa Bolsa de Chicago, a soja fechou em forte queda por vendas de Fundos, queda no petróleo e impulso na colheita, de acordo com informações da TF Agroeconômica. “O contrato de novembro21 da soja em grão fechou em forte queda de 0,83% ou 10,75 cents/bushel a $ 1276,75; o contrato de maio22, importante para as exportações brasileiras, fechou em queda de 0,82% ou 10,75 cents/bushel a $ 1298,0. O contrato de dezembro21 de farelo de soja fechou em queda de 0,15% ou $ 0,5/t curta a $ 340,02. O contrato de dezembro de óleo de soja fechou em queda de 1,15% ou $0,67/libra-peso a $ 57,43”, comenta.

“Venda por fundos, quedas no petróleo e óleos vegetais impuseram ajustes negativos. Enquanto isso, a safra começa a ganhar impulso nos EUA e condiciona o mercado. O USDA relatou 16% de conclusão da tarefa (média histórica de 13%). Os dados de preço à vista do cmdtyView mostram que os preços da soja do leste do Cinturão do Milho estão cotados a $ 12,29 3/4 para entrega à vista. Isso caiu $ 12,42 ontem. No Oeste do CB, as cotações do mercado físico de soja caíram de $ 12,42 3/4 ontem para $ 12,31 1/2 ao meio-dia", completa.

O relatório semanal de Progresso da Colheita refletindo os dados NASS de 26/9 mostrou que a colheita de soja avançou 10% pontos durante a semana, para 3% pontos à frente da média com 16% concluída. “As condições da soja permaneceram inalteradas em 58% bom / ex. No nível estadual, no entanto, KY, KS, IL e AR pioraram, enquanto MS, MO, SD e WI melhoraram. Mesmo com o aumento do Brugler500 de 8 pontos nas condições, os grãos SD ainda estavam em 279 pontos baixos no índice”, indica.

“Uma consultoria particular do Brasil relatou que 1,3% da soja 21/22 foi plantada em 23/9. Isso teve alta de 1,2 pontos percentuais em relação à semana passada e se compara aos fracos 0,7% no mesmo ponto da temporada passada”, conclui.
FONTE: AGROLINK(Leonardo Gottems)