Notícias

Cancelamento dos contratos do trigo no RS

trigo 12aGOs problemas de qualidade do trigo no Rio Grande do Sul estão provocando o cancelamento de muitos contratos celebrados com antecedência, de acordo com informações que foram divulgadas pela TF Agroeconômica. “Só um moinho cancelou 8 contratos a preços (para ele) ótimos e tem mais 15 K represadas, à espera da solução do problema de qualidade. No porto, três empresas estão recusando entregas. Preços de pedra em Panambi foram cotados em R$ 81,00, mesmo do dia anterior, mas queda de R$ 3,00/saca em relação a 10 dias atrás”, comenta.

Em Santa Catarina, relatório mensal de acompanhamento das culturas, divulgado hoje pela Epagri, registrou que, nas Microrregiões Geográficas (MRG’s) de Canoinhas e São Bento do Sul, no Planalto Norte catarinense, eventos climáticos de ventos fortes e granizos atingiram algumas áreas durante o mês de outubro. “Muitas lavouras ficaram "acamadas" e suscetíveis à entrada de doenças, principalmente a giberela. Em função disso, provavelmente teremos perda de produtividade nessas lavouras. Para as demais áreas das MRG’s, o período de maturação segue normal, com as operações de colheita ganhando maior ritmo”, completa.

No Paraná as cooperativas baixam preço do trigo em R$ 3,00/sc, mas lotes estão estáveis. “Em Campo Mourão e Cascavel os preços das cooperativas, que estavam a R$ 91,00/saca até uma semana atrás, baixaram para R$ 88,00/saca nesta semana. A grande quebra de qualidade ocorrida com o trigo do Paraná está fazendo os moinhos do estado começarem a procurar trigo gaúcho antes da época normal. Com relação aos preços, o mercado continua praticamente inalterado, apenas alongando as entregas e pagamento para janeiro”, conclui.
FONTE: AGROLINK(Leonardo Gottems)